Marcadores

quarta-feira, 8 de abril de 2015

O Ultimato Bourne

The Bourne Ultimatum, EUA, Germany, 2007.
Gênero: Ação
Duração: 115 min.
Direção: Paul Greengrass
Elenco:
Matt Damon ("Os Infiltrados")
Edgar Ramirez ("Fúria de Titãs 2")
Joan Allen ("Corrida Mortal")

Eu tenho um grande apreço pela franquia Bourne. E eu simplesmente admiro-me como Jason Bourne parece uma mistura do Bruce Willis do eterno "Duro de Matar" e do mais recente Liam Neeson de "Busca Implacável"; só que, por sua vez, ele 'apanha'. Bourne, em minha opinião, consegue ser muito mais realista (mesmo que em algumas cenas possamos achar que o personagem de Damon também faz coisas impossíveis) que os outros dois filmes juntos. E "O Ultimato Bourne" verdadeiramente fecha a trilogia com chave de ouro. Apesar de nos dar um gostinho de quero mais... (e sabemos que haverá uma continuação!)
Na trama, o incansável Jason Bourne continua tentando descobrir - sozinho, contra tudo e contra todos - quem ele realmente é. Qual é sua verdadeira identidade. Enquanto isso, por considerá-lo muito perigoso e uma ameaça para a sociedade (já que Bourne é um agente altamente treinado e perigoso que só quer vingança), o Departamento de Defesa dos Estados Unidos está em seu encalço, e o único objetivo deles é matá-lo.
Achei este filme realmente incrível. Te prende em frente a tela, e é o melhor dos três. Não perca, é entretenimento na certa!

NOTA: 9

+
Trailer
Em Dvd

quarta-feira, 27 de fevereiro de 2013

A Origem

Inception, EUA, Inglaterra, 2010.
Gênero: Ficção/Ação/Suspense
Duração: 148 min.
Direção: Christopher Nolan (Dirigiu filmes como "Amnésia" e "Batman Begins")
Elenco:
Leonardo DiCaprio ("Django Livre")
Joseph Gordon-Levitt ("Looper: Assassinos do Futuro")
Ellen Page ("Menina má.com")

A Origem foi o filme mais comentado e mais assistido de 2010, e com razão. Conseguir misturar a discussão  sobre percepção e realidade (mesmo que superficialmente) e ainda entreter (e bastante) o público, é um mérito. Sob a ótica de um dos gênios do cinema atual, Chris Nolan, nós vemos um thriller que mistura ação e sci-fi numa espécie de Matrix psicológico.
Na trama, Dom Cobb é um habilidoso ladrão do novo mundo da espionagem corporativa, ele rouba valiosos segredos das profundezas do subconsciente durante o sonho das pessoas, quando a mente fica totalmente vulnerável. Essa habilidade exímia de Cobb fez dele um cobiçado jogador nesse traiçoeiro trabalho, mas também fez com que ele perdesse tudo o que mais amava e o tornou um fugitivo internacional. Só que agora, uma chance de redenção foi dada a Cobb. Um último trabalho pode trazer sua vida normal de volta, mas somente se ele conseguir o impossível: inserção. Ao invés de fazer o roubar uma ideia, Cobb e sua equipe de especialistas tem que fazer o oposto: plantar uma ideia na mente de alguém. Se eles obtiverem sucesso, pode ser o crime perfeito. Mas nem mesmo um plano cuidadoso poderia prepará-los para um inimigo que pode calcular todos os seus movimentos. Um inimigo que só Cob poderia prever.
Eis aqui A Origem. Um filme inteligente, intrincado, e fascinante.

NOTA: 9,5

+
Trailer
Em Dvd

sábado, 23 de fevereiro de 2013

Xeque-Mate

Lucky Number Slevin, Alemanha, EUA, 2006.
Gênero: Ação
Duração: 110 min.
Direção: Paul McGuigan (Dirigiu filmes como "Heróis" e "Paixão à Flor da Pele")
Elenco:
Josh Hartnett ("Falcão Negro em Perigo")
Ben Kingsley ("Ilha do Medo")
Morgan Freeman ("Impacto Profundo")

Slevin Kelevra (Josh Hartnett) é um cara meio sem sorte. Perdeu o emprego, o prédio onde mora foi condenado, sua carteira de identidade foi roubada, e ele recentemente descobriu que a sua namorada tem outra pessoa.
Paralelamente a isso, um plano está sendo tramado no submundo do crime de Nova York. "O Rabino" (Ben Kingsley) que é um dos líderes do tráfico da grande metrópole matou o filho de "O Chefe" (Morgan Freeman), seu arqui-inimigo. Querendo retaliação, o Chefe contrata Goodkat (Bruce Willis) para procurar por um apostador que deva muito dinheiro ao Chefe a ponto de aceitar o risco de matar o filho do Rabino para sanar a dívida.
É aí que Slevin entra novamente. O rapaz consegue um emprestado um apartamento, através de um amigo, Nick Fisher. Mas mal sabia ele que seu amigo Nick é um cara que deve muita grana ao Chefe, e, ao ser confundido com ele, vai entrar numa tremenda enrascada por isso...
Xeque-Mate é um filme com muitos personagens, muita história, e que não perde tempo em contar de modo frenético a trama muito bem feita, mas que mesmo assim é tranquilamente conduzida por McGuigan e pelo elenco estelar do filme, que ainda tem Lucy Liu. Ao lado de A Grande Ilusão, é uma das minhas "reuniões de grandes atores" prediletas.
Um dos melhores do gênero do crime na minha opinião, um dos meus favoritos, e com final surpreendente.

NOTA: 9

+
Trailer
Em Dvd

Click

Idem, EUA, 2006.
Gênero: Comédia
Duração: 107 min.
Direção: Frank Coraci
Elenco:
Adam Sandler ("Gente Grande")
Kate Beckinsale ("Anjos da Noite")
Christopher Walken ("O Franco Atirador")
Michael Newman é um arquiteto que tem uma bela esposa e dois filhos pequenos. Muito preocupado em fornecer todo o recurso necessário para que sua família viva em total conforto, ele começa a dispender mais horas no trabalho, o que vai deixando-o, aos poucos, exausto.
Um certo dia, quando Michael chega cansado a fim de ver um pouco de Tv, ele percebe que seu controle desapareceu. Indo a alguma loja aberta ainda naquele horário procurar por um novo, Michael conhece o excêntrico Morty, que o oferece um controle universal gratuitamente, porque segundo ele ainda é experimental, dizendo que o mesmo irá mudar sua vida. Michael aceita a oferta e realmente descobre que o controle é bastante prático, já que funciona para todos os aparelhos. Porém, Michael vai aos poucos percebendo que o controle tem outras funções, como avançar e retroceder etapas de sua vida. No começo é tudo lindo e maravilhoso, até que o controle vai começando a assumir vontade própria e sobrepor suas escolhas, de modo que haverão muitas complicações pela frente...
Click é uma crítica ao homem moderno.
Correria. Mais tempo no emprego e menos tempo para a família. Será que tudo isso vale a pena? A sua vida está passando. Você a está apreciando de verdade? Ou não?
Uma bela reflexão, e que ainda garante boas risadas porque é contada de modo descontraído nessa excelente comédia da carreira de Adam Sandler.

NOTA: 8,5

+
Trailer
Em Dvd

terça-feira, 19 de fevereiro de 2013

O Retorno da Múmia

The Mummy Returns, EUA, 2001.
Gênero: Aventura/Fantasia
Duração: 130 min.
Direção: Stephen Sommers (Dirigiu filmes como "A Múmia", "Van Helsing - O Caçador de Monstros" e "G.I. Joe - A Origem de Cobra")
Elenco:
Brendam Fraser ("A Múmia")
Rachel Weisz ("Constantine")
John Hannah ("Quatro Casamentos e um Funeral")

A múmia está de volta.
O corpo mumificado de Imhotep é levado para um museu britânico onde mais uma vez ele acorda e agora se unirá a outro ser de força extraordinária para convocar seu exército e destruir a Terra. Rick e sua família embarcam na perigosa jornada cheia de perigos para tentar proteger o mundo da ameaça de ser destruído pelo terrível inimigo Imhotep - pela segunda vez.
Cheio de efeitos visuais - apesar de muitas vezes deixar um pouco a desejar nesse quesito - O Retorno da Múmia não deixa de ser um bom entretenimento em família, e com muito mais ação que o primeiro. Vale a diversão.

NOTA: 8

+
Trailer
Em Dvd









terça-feira, 5 de fevereiro de 2013

Como se Fosse a Primeira Vez

50 First Dates, EUA, 2004.
Gênero: Comédia
Duração: 99 min.
Direção: Peter Segal (Dirigiu filmes como "Agente 86" e "Tratamento de Choque")
Elenco:
Adam Sandler ("O Paizão")
Drew Barrymore ("As Panteras")
Rob Schneider ("Garota Veneno")

Henry é um mero paquerador com medo de compromissos, até que conhece a bela Lucy. Ele decide então que finalmente chegou a hora de buscar algo sério e que encontrou a garota dos seus sonhos, porém ele descobre que, devido a um acidente, Lucy tem um curto prazo de memória. Isso põe um grande desafio a sua frente: se ele realmente a ama, vai ter de reconquistá-la. Todos os dias.

NOTA: 8,5

+
Trailer
Em Dvd

quinta-feira, 20 de dezembro de 2012

O Hobbit

The Hobbit: An Unexpected Journey, EUA, Nova Zelândia
Gênero: Aventura/Fantasia
Duração: 169 min.
Direção: Peter Jackson ("O Senhor dos Anéis")
Elenco:
Martin Freeman ("O Guia do Mochileiro das Galáxias")
Ian McKellen ("X-Men: O Confronto Final")
Richard Armitage ("Capitão América")

Fazia tempo que eu não publicava nada.
Como estou meio sem tempo ultimamente, fazia tempo que eu não via filmes.
Ou melhor, alguns até via, mas fazia tempo que eu não via um ótimo filme.
E eu posso dizer de boca cheia e com todas as letras: MELHOR. FILME. DO. ANO.
Na realidade, dá pra definir o "Uma Jornada Inesperada" em uma única palavra: ÉPICO.
O talentoso Peter Jackson volta aos cenários míticos que o consagraram no Senhor dos Anéis, para agora mostrar como tudo começou. Na trama vemos o hobbit Bilbo, um bolseiro jovem e relutante, sair numa viagem que tem como missão retomar a posse do reino dos anões. O problema é que o caminho de Bilbo e dos outros membros do grupo não vai ser nada fácil, pois muitos perigos os aguardam além da Montanha Solitária...
Eu sou um fã das obras de Tolkien porque o acho um escritor único. É do tipo que não tem pressa pra construir uma narrativa, e é incrível como ele detalha cada lugar, cada personagem, cada cena, fazendo com que o leitor se divirta e se delicie a cada página. E no filme, acreditem, não se perde muito. Claro, toda obra literária é mais rica em detalhes do que um longa-metragem, pois o último sempre carece de pormenores. Mas o modo como Jackson/del Toro - Guillermo del Toro, de "O Labirinto do Fauno", foi por algum tempo o diretor do projeto, depois passou a bola para Jackson e ficou na produção - esmiuçaram o livro de Tolkien até aqui (foram nove capítulos contados em pouco menos de 3 horas) mostra que, assim como foi O Senhor dos Anéis, O Hobbit tende a entrar para a história do cinema como mais uma obra de Tolkien para os cinemas adaptada e consagrada - já começou com tudo. Os prêmios Oscar® a aguardam, trilogia Hobbit... Eu quebro o silêncio sem medo de errar: um dos favoritos na cerimônia que será realizada no início do ano que vem. E realmente merece.

NOTA: 10

+
Trailer

quarta-feira, 19 de setembro de 2012

Intocáveis

Les Intouchables, França, 2011.
Gênero: Comédia/Drama
Duração: 112 min.
Direção: Olivier Nakache, Eric Toledano
Elenco:
François Cluzet ("Não Conte a Ninguém")
Omar Sy
Anne Le Ny

Philliphe é um multimilionário paraplégico que precisa de um novo enfermeiro.
Driss é um senegalês que vive nos subúrbios de Paris, e que não preenche em nada os requisitos para o cargo, mas é o escolhido por Phillipe para a vaga.
Estes dois homens vindos de mundos tão diferentes se encontram em momentos críticos de suas vidas, e acabam por mudar suas histórias.
Apesar de seu teor essencialmente dramático e realista, a leveza e bom humor com que a história é tratada fazem o diferencial, tornando Intocáveis inesquecível.

NOTA: 9

+
Trailer


sexta-feira, 14 de setembro de 2012

300

Idem, EUA, 2006.
Gênero: Ação/Aventura/Guerra/Histórico
Duração: 117 min.
Direção: Zack Snyder (Dirigiu filmes como "Madrugada dos Mortos" e "Watchmen - O Filme")
Elenco:
Gerard Butler ("O Fantasma da Ópera")
Lena Headey ("Imagine Eu & Você")
David Wenham ("Inimigos Públicos")

Após uma desavença dos persas com os gregos, o deus-rei Xerxes (Rodrigo Santoro) decreta um ataque ao povo de Esparta. Só que os espartanos não estão dispostos a assistir sentados a seu declínio, então o rei do povo, Leônidas (Gerard Butler), convoca 300 dos mais bravos e valentes entre seus homens para guerrear.

NOTA: 8,5

+
Trailer
Em Dvd


quarta-feira, 12 de setembro de 2012

E se fosse verdade

Just Like Heaven, EUA, 2005.
Gênero: Comédia/Romance
Duração: 95 min.
Direção: Mark Waters (Dirigiu filmes como "As Crônicas de Spiderwick" e "Os Pinguins do Papai")
Elenco:
Reese Witherspoon ("Água para Elefantes")
Mark Ruffalo ("Ilha do Medo")
Donal Logue ("Noivo em Fuga")

David (Mark) é um arquiteto que alugou recentemente um belo apartamento em São Francisco. A última coisa que ele planejava era dividi-lo com alguém, mas surge a bela e jovem Elizabeth (Reese) que insiste que o apartamento é seu, mas que sempre desaparece como num passe de mágica.
David logo se convence que a moça é um espírito e tenta ajudá-la no processo de passar para o "outro lado". Só que Elizabeth, por sua vez, recusa aceitar que está morta por um motivo trivial: ela não lembra de ter morrido.
Juntos, os dois irão se empenhar em descobrir o que realmente aconteceu com ela. E ambos acabam por perceber que os caminhos do amor e do destino podem ser os mais impossíveis e impensáveis.

NOTA: 8

+
Trailer
Em Dvd


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...